• Home
  • /
  • Família
  • /
  • Grávidas e a Alimentação – O que eu devo comer?
rosana-cuba-cuidados-das-gravidas-na-gravidez

Grávidas e a Alimentação – O que eu devo comer?

O post de hoje vai para as grávidas de plantão.

Agora que você está grávida, tem que atentar muito para a sua dieta. Comer alimentos saudáveis é fundamentais!

E a alimentação das grávidas precisa se basear na palavra: qualidade. Qualidade dos nutrientes que manterão saudáveis mamãe e bebê!

E nada daquele ditado de que “grávida tem que comer por dois”. Somos responsáveis por nós e pelos lindos seres que geramos.E obesidade na gravidez não é nada saudável e pode ser prejudicial para a mamãe e o bebê!

Eu já passei por duas gravidezes e devo confessar que o apetite aumenta. Dá vontade de comer tudo o que vemos!
O importante é que cada uma tem seu metabolismo e é fundamental consultar seu médico e realizar o pré natal.

Mas existem algumas dicas gerais que podemos seguir. Vamos lá!

 

O que devo observar na alimentação durante a gravidez?

rosana-cuba-cuidados-das-gravidas-na-gravidez2

Se você não era de se preocupar muito com a comida, agora é a hora de começar a fazer refeições mais equilibradas.

Limite a quantidade de guloseimas e invista em uma alimentação variada.

Durante a gestação, seu corpo trabalha de forma ainda mais eficiente, tirando o máximo de energia do que você come.

Por isso, nos primeiros seis meses de gravidez a maioria das mulheres nem precisa comer mais do que já comia.

Só nos últimos três é que é aconselhável comer 200 a 300 calorias a mais, mas isso não quer dizer quase nada, já que 200 calorias equivalem a meras duas torradas com manteiga, por exemplo.

Guie-se pelo seu apetite, que pode variar dependendo da fase da gravidez. Nas primeiras semanas ele pode sumir, por causa do enjoo.

No segundo trimestre, seu apetite deve ficar igual ao que era, ou um pouco maior. No terceiro, você deve ficar com mais fome, mas precisa tomar cuidado porque serão mais frequentes a azia e a má digestão.

Quais comidas devo evitar?

rosana-cuba-cuidados-das-gravidas-na-gravidez3

Grávida pode comer quase tudo, mas deve evitar alguns tipos de alimentos. São eles:

  • peixes e frutos do mar crus, como ostras e sushi
  • queijos de casca branca, como brie e camembert, e queijos com fungos, como roquefort e gorgonzola. Evite também queijos do tipo frescal (ou “minas”), que podem ser feitos com leite não-pasteurizado. O problema é a possível presença de uma bactéria que causa a listeriose, doença que pode prejudicar o bebê.
  • carne bovina malpassada ou crua (como carpaccio), carne de porco malpassada e ovos crus (como massa de bolo, gemada, ovo frito com gema mole e algumas sobremesas — musses, por exemplo). A precaução é para evitar bactérias que possam afetar o bebê.
  • bife de fígado e miúdos, para evitar a sobrecarga da forma retinoica da vitamina A, que pode ser prejudicial ao feto.
  • atum deve ser limitado a uma lata por semana ou dois filés frescos por semana, pelo mesmo motivo. Outros peixes são seguros e fazem bem ao bebê e a você. As recomendações quanto ao mercúrio valem também para quem está pensando em engravidar e para o período de amamentação.

 

Quantas refeições preciso fazer por dia?

rosana-cuba-cuidados-das-gravidas-na-gravidez4

Mesmo que não esteja com fome, é melhor não deixar o estômago muito tempo vazio.

É aconselhável fazer cinco ou seis pequenas refeições em vez das três grandes refeições tradicionais, principalmente se você estiver sofrendo muito com enjoos, azia ou má digestão.

 

Queridas, espero que vocês tenham gostado. Comentem: deixem suas opiniões, é muito importante para mim.

Beeeijos!

Deixe uma resposta